sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Parabéns e Eticéteras

 
     Mais um ano vai voando pelos olhos com vontade própria e a teimosia de um velho, saindo de cena carregado pelo pôr do Sol fechando com chave de ouro vários dias felizes e outros nem tanto.
    Quem ouve tanta lamúria em poesia barata deve até acreditar que tenho uma profunda paixão pelo presente ou que cultivo eternas saudades do passado. Até pode ser, mas meu problema maior é com o futuro e as suas incertezas que nunca me fizeram feliz e nem sabe tranquilizar minha ansiedade.
   Ainda não vejo algo que mereça comemoração. Vinte anos e muitos dias ou quem sabe meses e tenho apenas sonhos coloridos, uma família guerreira, um amor de verdade, suor e promessas bem feitas.
    Pensando bem...
... Meus PARABÉNS, em forma de flores para contemplar esse jardim aparentemente novo carregado de rosas, laranjeiras, girassóis e espinhos.
   Anjos e Arcanjos já devem conhecer de cor e salteado todas as minhas preces e pedidos de não viver um inferno astral eterno que transforma a minha vida em um purgatório.
   Então rezo todos os dias para que eles me ouçam, junte toda essa energia positiva em uma caixa com um belo laço vermelho e joguem direto na minha cabeça.
   Não que eu esteja reclamando do peso da minha cruz, porque sei que Deus conhece o tamanho da minha força e que mesmo às vezes merecendo não me deixará sozinha nunca!

Feliz Aniversário

3 comentários:

  1. Definindo em uma palavra?
    -Então...Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Ai, o futuro, esse é o realmente mais cheio de incertezas... mas é assim mesmo. Lindo texto,Lay, e meus parabéns! =DDD

    ResponderExcluir